Curso 14: Arquitetura funcional do lobo frontal e seus transtornos

Os cursos do XXXVI Congresso Brasileiro de Psiquiatria – CBP, além de sucesso de público, são excelentes oportunidades de atualização científica para o congressista, médico psiquiatra ou de outra especialidade, bem como demais profissionais da área da saúde mental.

No dia 18 de outubro, às 8h, acontecerá o curso 14, com o tema “Arquitetura funcional do lobo frontal e seus transtornos”. A atividade será coordenada pelo Dr. Everton Botelho, psiquiatra Doutor em Saúde Mental pela Universidade Estadual de Campinas e Pós-Doutor pela Universidade Livre de Bruxelas, que também atua como docente do Programa de Pós-graduação em Neuropsiquiatria e Ciências do Comportamento da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

O curso pretende fornecer ao psiquiatra conteúdo teórico prático para utilizá-lo em sua atividade clínica, por meio da ampliação do espectro de conhecimentos sobre as bases neurais relacionadas aos distúrbios do comportamento. Entre subtemas e docentes, a atividade conta com a participação dos seguintes expositores:

  • Esboço de uma classificação das funções psíquicas, concepção neurofuncional da consciência, com Dr. Everton Botelho Sougey (PE)
  • Revisão da arquitetura neurofuncional do lobo frontal – Descrição e compreensão das síndromes frontais, com Dra. Silvia Gomes Laurentino (PE)
  • Avaliação clínica e social das funções do lobo frontal através da Escala Frontal Systems Behavior Scale, com Dra. Tatiana Mazziotti Bulgacov (SP)

Este curso de nível avançado tem como público alvo médicos e não-médicos e duração de 4h (8h às 12h). Cada curso do XXXVI CBP concede também dois pontos para a Prova de Título de Especialista em Psiquiatria AMB/ABP.

Programe-se e prestigie o curso “Arquitetura funcional do lobo frontal e seus transtornos”. Faça a sua inscrição no Congresso e garanta também a sua vaga nesta atividade.

Acesse a lista completa de cursos do XXXVI CBP e escolha os temas de seu interesse. São 15 opções de atividades com temáticas atuais sobre a atuação do psiquiatra.

Comments are closed.