Press Release Mesa Mente-cérebro

Quinta-feira, 16 de outubro – 16h30min às 18h30min

Título da Mesa: Qual a relação da mente com o cérebro? O cérebro é o gerador ou um instrumento para manifestação da mente?

• Posição 1: A mente além do cérebro
Apresentador: Prof. Alexander Moreira-Almeida
Professor Psiquiatria e Coordenador do NUPES – Núcleo de Pesquisas em Espiritualidade e Saúde da Fac de Medicina da UFJF. Membro do Comitê Executivo da Seção em Religião e Espiritualidade da Associação Mundial de Psiquiatria. Tem realizado pesquisas na área de neuroimagem, experiências espirituais e relação mente-corpo. Editor do livro “Exploring frontiers of mind-brain relationship” (Springer, 2012) e da Série mente-cérebro da Revista de Psiquiatria Clínica (publicada pela USP).

• Posição 2: A mente como produto da atividade cerebral
Apresentador: Prof. Eugênio Horácio Grevet
Professor de Psiquiatria da UFRGS. Chefe do Serviço de Psiquiatria do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA /UFRGS). Mestrado em Ciências Biológicas: Bioquímica da UFRGS (1999), Doutorado em Ciências Médicas: Psiquiatria da UFRGS (2005), Pós-Doutorado no Programa de Pós-Graduação em Genética e Biologia Molecular da UFRGS (2007) e Pós-Doutorado no Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas: Psiquiatria da UFRGS (2012).

• Moderador: Prof. Wagner Farid Gattaz
Professor Titular de Psiquiatria na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) e Diretor do Laboratório de Neurociências do Instituto de Psiquiatria (IPq) do Hospital das Clínicas da FMUSP. Em 2006 assumiu a Presidência do Conselho Diretor do IPq. É Pesquisador nível IA do CNPq, membro titular da Academia Brasileira de Ciências e da Academia de Ciências de Heidelberg, Alemanha, Sócio Honorário da Associação Psiquiátrica do Estado do Rio de Janeiro e da Sociedade Alemã de Psiquiatria Biológica. Foi agraciado com a Ordem Nacional do Mérito Científico pelo Presidente da República (2006). Possui mais de 361 trabalhos científicos publicados em revistas internacionais; esses trabalhos receberam mais de 5.000 citações na literatura científica, resultando num índice H = 38. Editou 6 livros internacionais e escreveu dezenas de capítulos em livros nacionais e internacionais. Sua área principal de atuação em pesquisa, ensino e clínica é a Neurociência.

Clique abaixo e veja os currículos:

alexander

Wagner Gattaz

eugenio

Resumo:
Para muitas pessoas, é um fato científico inquestionável a ideia de que a mente (a consciência, o nosso “eu”) seja apenas o resultado da atividade cerebral. Acreditam que o raciocínio filosófico rigoroso e a neurociência provaram essa teoria, e que as objeções a ela seriam fruto de ingenuidade intelectual, superstição ou dogma religioso. No entanto, na realidade, a compreensão da relação entre a mente e o cérebro, o chamado “problema mente-cérebro”, tem sido um dos maiores desafios ao longo da história da filosofia e da ciência, mobilizando inúmeros pesquisadores desde a Grécia antiga aos dias atuais. Resumidamente, há duas posições principais: a materialista (em que a mente é o produto da atividade cerebral, não existindo além do cérebro) e a não materialista (em que a mente é algo além do cérebro e que se manifesta através do cérebro, mas não é causada por ele). Este ainda é um problema em aberto, ou seja, do ponto de vista acadêmico não se sabe ainda qual posição, e se alguma dela, é a melhor descrição da realidade. Esta discussão tem implicações muito grandes não apenas para o tratamento de transtornos mentais, mas também uma melhor compreensão da natureza humana, o que nós somos, o que nos faz ser o que somos?

Diante desse panorama, a presente Mesa-Redonda promoverá um debate entre as duas correntes principais do entendimento da relação Mente-Cérebro: uma que concebe a mente como um produto da atividade cerebral e outra onde a mente não pode ser reduzida ao cérebro, que é visto como um instrumento para a manifestação da mente e não seu gerador. Serão apresentados e discutidos os principais aspectos filosóficos e de pesquisas em neurociência relevantes para esta discussão para que o público possa formar sua própria opinião com base nos melhores argumentos apresentados por cada um dos lados.

Objetivo:
Debater em alto nível a relação mente-cérebro, especialmente se a mente é um produto do cérebro ou algo além dele

Formato:
Duração de 2 horas. Dois apresentadores com visões opostas (materialista e não materialista) e um moderador. Cada apresentador fará uma breve apresentação de 20 minutos e todo o tempo restante será de discussão entre os debatedores e o moderador. Ao final, também haverá tempo para perguntas do público.

Comments are closed.